Menu

Marketing político: por que apostar em estratégias digitais

Pois é, o velho e cansativo marketing político já não funciona tão bem. Foi-se o tempo em que a maioria dos políticos conseguia fazer suas campanhas quase que batendo de porta em porta.

As novas tecnologias transformaram o mundo e o perfil dos eleitores acompanhou essa transformação. A informação não é mais privilégio de uma minoria. Hoje as pessoas estão mais bem informadas, engajadas no momento político do país e, grande parte disso, graças à facilidade de comunicação, principalmente devido à internet.

Dessa forma, é preciso que aqueles que estejam envolvidos no meio político, sejam candidatos ou assessores, também busquem inovar suas estratégias para conseguir alcançar esse novo eleitor. E não há outra saída a não ser estar onde o povo está. E isso só poderá acontecer por meio da divulgação em mídias digitais.       

O nosso objetivo nesse artigo é mostrar que esse é o momento de apostar em estratégias digitais para conseguir inovar as campanhas políticas e atingir em cheio o objetivo principal: conquistar eleitores e vencer as eleições! 

O que é marketing político digital?

Diferentemente do marketing utilizado nas campanhas políticas tradicionais, o marketing digital oferece estratégias muito mais eficientes, pois envolve várias ferramentas online capazes de tornar qualquer pessoa desconhecida uma celebridade do dia para noite.

Um exemplo disso são os vídeos que se tornam virais quase que instantaneamente quando caem na Web.

E o marketing político digital tem essa finalidade: transformar e inovar a forma de se fazer campanhas políticas por meio da internet, adaptando-as ao novo perfil do eleitor. 

Fazer marketing político digital, ao contrário do que muitos pensam, não é apenas estar presente em redes sociais. É preciso trabalhar com afinco e seriedade cada recurso que as mídias digitais oferecem.  

Quais estratégias digitais poderão causar maior impacto nas campanhas políticas?

Otimizar as campanhas para dispositivos móveis

O grande forte das campanhas até um tempo atrás ainda eram os canais de TV e, no máximo, o rádio. Hoje, uma das grandes apostas é a união dessas duas mídias com a mídia digital para conseguir uma abordagem mais eficiente.

Os dispositivos móveis serão fundamentais para a divulgação das campanhas políticas. Investir na otimização de recursos que facilite a usabilidade e divulgação de conteúdos por meio desses aparelhos poderá ser crucial para o sucesso de uma campanha. 

Apostar em mídias sociais para divulgar assuntos de interesse do eleitor

As mídias sociais têm se tornado canais não apenas para jogar conversa fora ou fazer amizades. Em muitas delas, pessoas de idades variadas e perfis sociais diversificados têm participado de discussões acaloradas sobre política. Vide a grande repercussão sobre o impeachment da nossa presidente por meio da internet.

É importante salientar, nesse ponto, que para se trabalhar com campanhas políticas nas redes sociais é necessário direcionar as ações para o público certo. Portanto, é preciso certificar-se primeiro em qual mídia social o eleitor-alvo costuma estar mais presente.

Essa segmentação fará com que as mensagens cheguem às pessoas certas e mais receptivas ao conteúdo.

Usar os e-mails marketing para um público segmentado

Em um primeiro momento poderá parecer mais complicado conseguir uma lista de e-mails, principalmente para fazer campanha política. Mas, se houver uma segmentação dos eleitores e um trabalho de divulgação que desperte seu interesse por meio do marketing de atração, com certeza muitas pessoas se disporão a passar suas informações em troca de um conteúdo relevante e informativo.  

Utilizar vídeos para contar uma narrativa

Um aspecto muito importante para que o eleitor confie em uma proposta é fazer uma excelente narrativa sobre a pessoa, sua proposta, crenças e sobre suas principais características, não só como político, mas sobre quem se esconde por trás do candidato. 

É sempre bom lembrar que esses vídeos devem ser curtos e menos enfadonhos, pois os eleitores já não suportam mais aquele tipo de estratégia maçante da televisão, com candidatos falando o seu já tão batido discurso.  

Enfim, o objetivo do marketing político digital é buscar novos meios e novas abordagens que consigam redirecionar uma campanha política, tornando-a mais atraente para o eleitor. 

O que acha dessa nova abordagem do marketing político? Você concorda que o marketing digital pode ser uma nova aposta nessas eleições? Esperamos seu comentário aqui no nosso post!

Facebook Twitter Google+
Diagnóstico de Marketing Digital

Ebook para Iniciantes

Comentários

Share on Myspace
×